Do Sexo ao Tantra e à Massagem Tântrica: uma grande revolução

Massagem Tântrica
A Massagem Tântrica não racionaliza a sexualidade

 

“Agora, uma coisa deve ser sempre lembrada: se você não está muito alerta, pode continuar a acreditar que se está movendo para o Tantra, Massagem Tântrica, e pode estar simplesmente racionalizando a sua sexualidade – pode ser nada mais que sexo, mas racionalizado na terminologia do Tantra, Massagem Tântrica. Se você se move no sexo com consciência, ele pode se transformar em Tantra. Se você se move para o Tantra, Massagem Tântrica, inconscientemente, ele pode cair e tornar-se sexo comum. Aconteceu na Índia – porque só a Índia tentou.

Todas as escolas de Tantra, Massagem Tântrica, na Índia, mais cedo ou mais tarde, foram reduzidas a orgias sexuais. É muito difícil tornar-se consciente… é quase impossível tornar-se consciente. Se desde o princípio a disciplina não se aprofundou muito em você, há toda a possibilidade de você começar a enganar-se. As escolas de Tantra, Massagem Tântrica, surgiram na Índia com grande energia, com grande insight. E elas tinham algo – porque esse é o último centro humanamente disponível: o sétimo é o super-humano, o sétimo é divino. O sexto é o centro espiritual.

Do sexo ao Tantra, Massagem Tântrica: uma grande revolução, uma mutação, é possível no homem, e no Oriente, as pessoas tornaram-se cientes que se você se tornar meditativo enquanto faz amor, a qualidade do sexo muda e algo novo entra nele – torna-se tântrico, torna-se reverente, torna-se meditativo… torna-se.”

Osho, The Divine Melody, Capítulo #6

Deixe uma resposta

Fechar Menu