Massagem tântrica é felicidade

Massagem tântrica
Entre em comunhão com a massagem tântrica

 

A massagem tântrica foi desenvolvida por uma das sociedades mais antigas do mundo, os Tântricos, no cenário em que se desenvolveram receberam destaque pela sua forma de viver e se relacionar com o ambiente, a sociedade e principalmente consigo. Foram, sem sombra de dúvidas, um dos povos de grande sabedoria que existiu na face de nossa terra e deixaram um legado dessa história, ou seja, ensinamentos para ter mais saúde e felicidade.

A massagem Tântrica é um dos tantos ensinamentos que provem dessa época. Naquela época todo assunto voltado para a sexualidade humana, eram compreendidos como sagrado, importante integrante de uma saúde plena e o fundamento do autoconhecimento. Nos dias atuais, a sexualidade foi banalizada ou julgada como imoral, foi esquecido do seu papel como fonte de vida, criador de uma nova alma. Essa deturpação fez com que seja difícil ou quase impossível entender a visão da sexualidade segundo tantra (o sexo como sagrado).

Já no Brasil, na década de 90 – O brasileiro Deva Nishok, fundou o Centro Terapêutico de Desenvolvimento Metamorfose, com o objetivo de aplicar o método da massagem dentro do país, e assim, fundamentados com pesquisa e expansão da sexualidade humana onde os princípios da visão tântrica do caminho do amor são difundidos!

Atualmente a massagem tântrica está presente em praticamente todo o mundo, e variações de conceitos e aplicações criadas por cada um desses países foram acontecendo gradativamente, de forma a não permitir a existência de apenas um número x de ideias e técnicas ao redor da massagem tântrica, mas sim vários conceitos que saíram da mesma base e sofreram modificações de acordo com cada cultura e informações sobre o assunto presentes em cada região!

O que é massagem tântrica

A massagem Tântrica é técnica de origem indiana que atua a nível físico, mental, emocional. É uma massagem que trabalha o corpo todo, de toques muitos lentos suaves e sutis, que desperta todos os sentidos, proporcionando harmonia e equilíbrio. Na massagem tântrica o aspecto da energia sexual é um caminho de cura, transcendência e expansão de consciência, pois ela também atua na psique e emoção do indivíduo.

O Tantra é uma filosofia comportamental, de princípios matriarcais, sensoriais e desrepressores. Suas meditações, práticas e vivências levam ao despertar e ascender à energia Kundalini, que é a energia vital que dá movimento à vida e consequentemente todos os processos energéticos, emocionais, mentais e fisiológicos dos indivíduos. Considera-se a ascensão da Kundalini nascendo na região pélvica (chakra básico) e subindo pela coluna vertebral até o topo da cabeça (chakra primário).

A massagem tântrica busca refinar a sensibilidade, no intuito de expandir e intensificar a sensação orgástica, encadeando diversos agrupamentos musculares na reação bioelétrica do orgasmo. Não só isso, alguns tipos dessa massagem também buscam tonificar e fortalecer os músculos genitais de homens e mulheres, a fim de proporcionar uma maior sustentação de bioenergia.

Esse trabalho de intensificação do orgasmo possui um efeito terapêutico – energizando os chakras e regulando a produção hormonal – além de um efeito meditativo, de expansão da consciência e da percepção. Não deve ser confundido, com o sexo, pois a massagem, embora lide com a energia sexual, propõe uma quebra de paradigmas e conceitos ligados a sexualidade.

A massagem tântrica trata-se de princípios da filosofia corporal e sensorial, baseada inicialmente na meditação, práticas e vivencias do yoga e também conexões com o próprio corpo. É importante também ressaltar, que a massagem tântrica é muito mais complexa do que apenas um início de ato sexual ou uma simples massagem como muitos a enxergam, mas sim uma terapia profunda de alto conhecimento e de controle do corpo e da mente (mediante conhecimento e prática do alto controle).

Praticar o tantra é entender o funcionamento e as vertentes dele, é saber onde tocar para obter determinada reação, é promover equilíbrio mental e saber que sexualidade não é um tabu ou algo proibido e também errado, mas sim, a mais brilhante construção de relação e conexão já desenvolvida pela humanidade.

Indicação da massagem tântrica

  • Acordar o corpo e os sentidos naturais da Energia Sexual;
  • Aumenta os estados de percepção sensorial;
  • Produz as chamadas Químicas de Prazer, como Endorfina e
  • Serotonina, que aprofundam as sensações de alegria e prazer, trazendo maior qualidade de vida;
  • Cria Consciência Corporal e Sexual;
  • Traz a Sustentação da Energia Natural do Corpo;
  • Desperta e Expande a Sensibilidade dos Genitais e suas Capacidades Orgásticas.

Benefícios da massagem tântrica

  • Traz consciência corporal;
  • Desperta regiões sensoriais adormecidas;
  • Amplia a capacidade respiratória;
  • Muda os padrões energéticos, aumentando a quantidade de energia suportável, e o prazer;
  • Libera traumas;
  • Muda conceitos e ideias pré-estabelecidos que não permitem ampliar as possibilidades de prazer e êxtase;
  • Desenvolve novas ferramentas de comunicação e expressão e do afeto;
  • Feita com regularidade e aliada a exercícios especiais, permite curar disfunções como ejaculação precoce, frigidez, vaginite, falta de rigidez, ansiedade e outras, além de fortalecer os órgãos genitais.

Contraindicação da massagem tântrica

  • A massagem tântrica é desaconselhada em diversas situações, quando o prejuízo se sobrepõe ao benefício. Por isso, as pessoas devem evitar a massagem quando se verificarem os seguintes casos:
  • Temperatura do corpo superior a 38 graus;
  • Existência de traumas, feridas abertas, contusões recentes, roturas musculares, entorses e queimaduras;
  • Tumores;
  • Doenças circulatórias (veias varicosas, flebites, tromboses);
  • Melanoma;
  • Hemofilia;
  • Doenças de pele infecciosas (infecções bacteriológicas, de fungos, virais e herpes) – Somente na região afetada;
  • Reação adversa ao tratamento;
  • Embolias;
  • Flebites, inflamação das veias, percebemos, pois, causa edema, vermelhidão ou roxeamento e incapacidade de movimentação da área afetada pela dor;
  • Gânglios inchados;
  • Fraturas ósseas não consistentes, ou seja, estão moveis ainda, então aumenta o risco de aumentar a lesão;
  • Osteoporose grave, pelo risco de haver fratura dos ossos;
  • Gravidez nos três primeiros meses de gestação. No tempo restante da gravidez, as massagens se realizarão com laudo e prescrição médica. Existem indicações que a massagem serve para acalmar o bebe e no pré parto, auxilia a posicionar o feto;
  • Hipertensão arterial. Caso for realizar massagens relaxantes não há contraindicações, portanto se estimulantes, a massagem está contraindicada;
  • Quando existam reações alérgicas à massagem;
  • Quando o receptor sofre muita dor, no caso de doenças graves, como câncer;
  • Pessoas com taquicardia, aumento da frequência do batimento do coração;
  • Pessoas com hematomas graves;
  • Imediatamente após operações cirúrgicas.

Conclusão

Bom pessoal, espero que tenham curtido as informações. Claro que antes de fazer qualquer massagem ou procedimento, é interessante procurar seu médico ortopedista, para saber se está tudo certo com seu corpo e não há impedimentos para a prática desse procedimento ou qualquer outro.

Deixe uma resposta

Fechar Menu